Secretário de Educação de Sobral avalia a parceria com a Editora Opet

secretário de educação de sobral

Desde o ano de 2018, a Editora Opet e o município cearense de Sobral – cuja educação pública é considerada a melhor do país, segundo índices avaliativos como o IDEB – são parceiros. No ano passado, atendemos 730 crianças dos níveis “Infantil Bebê” e “Infantil I” da rede municipal de ensino sobralense. Neste ano, além dessas crianças, também vamos atender, com materiais e formações pedagógicas, professores e 2.500 estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental. Nesta entrevista exclusiva, o secretário municipal de Educação de Sobral, Francisco Herbert Lima Vasconcelos, fala sobre a parceria e, também, sobre as características e a qualidade dos materiais didáticos e formações Opet. Confira!

Entrevista a Rodrigo Wolff Apolloni

Em março, completamos um ano da parceria entre a rede municipal de ensino de Sobral e a Editora Opet no projeto-piloto para os primeiros anos da Educação Infantil (Infantil Bebê e Infantil I). Com base no trabalho realizado, qual a sua avaliação da parceria e do projeto-piloto?

Herbert – A parceria foi bastante significativa pois fortaleceu a participação da família nessa fase tão peculiar no desenvolvimento da criança. O material tem uma vertente de álbum com informações importantes sobre o crescimento e desenvolvimento da criança, e as experiências que são propostas são ricas pois fortalecem a concepção de que a aprendizagem só é significativa para a criança quando passa pelo corpo. As experiências contempladas pelas atividades propostas nos materiais da Editora Opet incrementaram a atuação dos(as) professores(as) frente às demandas dos níveis “Infantil Bebê” e “Infantil I”, possibilitando aos mesmos planejar suas atividades pedagógicas considerando as dimensões cognitivas, corporais e emocionais.

Nos últimos anos, Sobral se firmou como o melhor exemplo de uma educação pública de alta qualidade, algo que se relaciona a fatores como valorização dos professores, formação pedagógica contínua, correção do fluxo escolar e cuidado com o currículo. De que maneira o uso de um sistema de ensino participa desse processo de avanços na educação? Como colaboramos com o sucesso de Sobral?

Herbert – A gestão que faz a educação de Sobral acredita que investir na valorização dos profissionais, investir em bons materiais estruturados e na autonomia escolar são elementos cruciais para a melhoria da qualidade do ensino. A parceria com sistemas educacionais é um elemento que fortalece a concepção de infância que o município vem trabalhando nos últimos anos.

Um município como Sobral tem um padrão muito elevado em relação à qualidade da educação. O Brasil, por sua vez, possui muitas empresas que oferecem sistemas de ensino. O que um sistema de ensino deve oferecer para impressionar um município como Sobral?

Herbert – Acreditamos que o sistema deve ter uma concepção pedagógica que se integre, ou seja, que venha a somar com o que o município já construiu e deseja com relação a primeiríssima infância. Podemos destacar a ênfase dada na parceria entre escola e família. Acreditamos que os processos de aprendizagem-desenvolvimento são potencializados quando a criança se encontra em um ambiente estimulante, acolhedor, seguro. Dessa forma, trabalhar com um material que inclua a família nas propostas pedagógicas é não só fortalecer a melhoria da qualidade do ensino como também expandir as possibilidades de aprendizados para além da instituição.

Tratando mais especificamente dos materiais da Editora Opet para a Primeira Infância – a “Coleção Cidadania +0”, adotada pelos professores e pelas crianças de Sobral em 2018 –, que elementos o senhor destacaria? O que mais chamou a sua atenção nesse trabalho?

Herbert – O material traz uma proposta que interage com o desenho que está sendo construído para o currículo da educação infantil e a competências socioemocionais, além aproximar a família a participar de forma eficaz das atividades de vivência da criança; os materiais de apoio, como o caderno do professor, que aborda temáticas importantes para os professores compreenderem o processo de desenvolvimento infantil foram bastante significativos neste processo.

Em 2019, vamos ampliar a parceria oferecendo, também, os materiais, implantação, formações pedagógicas e acompanhamento relativos ao segundo ano do Ensino Fundamental. Qual sua expectativa em relação a esse trabalho?

Herbert – Diante da elaboração do nosso Documento Curricular para Língua Portuguesa e Matemática, esperamos que os materiais pedagógicos a ser utilizados na rede atendam em até 90%, no mínimo, as expectativas de aprendizagem previstas, que são referenciadas em currículos nacionais e internacionais reconhecidamente como melhores padrões. Quanto à formação, precisa subsidiar o trabalho pedagógico em sala de aula, dando conta de capacitar os professores para o atingimento das metas de aprendizagem estabelecidas, considerando as habilidades cognitivas e emocionais, com vistas a formação integral do ser humano.

Por fim: a educação pública de Sobral alcançou um nível importante de qualidade. A educação, porém, é um processo dinâmico e que está sempre diante de desafios. Quais os desafios futuros da educação de Sobral?

Herbert – Dar conta, até o último ano da atual gestão, da meta de elevar os níveis de aprendizagem da rede municipal de ensino a patamares internacionais de qualidade, tornando o município uma referência para a América Latina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *