Editora Opet inicia projeto-piloto de formações pedagógicas online

A Editora Opet iniciou nesta semana, mais exatamente na segunda-feira (02), um projeto-piloto de formações pedagógicas digitais

Primeira formação foi com os professores do Colégio Galileu, de Sorocaba (SP)

A Editora Opet iniciou nesta semana, mais exatamente na segunda-feira (02), um projeto-piloto de formações pedagógicas digitais que vai aproximar ainda mais as escolas parceiras, desburocratizar o processo e fortalecer a sustentabilidade no nosso trabalho. Esse primeiro trabalho foi realizado com o Colégio Galileu, um grande parceiro na região de Sorocaba (SP), e envolveu a formação de professores da Educação Infantil, do Ensino Fundamental Anos Iniciais e também Anos Finais dos componentes de Língua Portuguesa, Inglês, Espanhol, História, Geografia, Matemática, Ciências, Arte e Educação Física.

“O Galileu é um parceiro de muitos anos, que está sempre aberto à inovação e às questões tecnológicas. Eles têm um trabalho muito interessante com os laboratórios de informática e com o nosso portal digital, onde, no ano passado, os professores fizeram uma formação online”, conta a supervisora pedagógica Silneia Chiquetto, responsável pelo trabalho com o Colégio Galileu. “Neste ano, a diretora Cristina Valera Baptista nos solicitou uma formação mais específica, por área. E nós pensamos que seria uma oportunidade de lançar o projeto-piloto”.

Direto do estúdio – Ajustados os detalhes, chegou-se ao formato online. Na Editora, os formadores se comunicaram a partir do recém-inaugurado estúdio de gravação em multimídia, que conta com equipamentos de última geração. A professora e assessora Karen Dias foi uma das formadoras, do Ensino Fundamental. “Eu achei a proposta muito interessante. No início, como é algo novo, fiquei um pouco nervosa, mas à medida que o trabalho foi acontecendo, me senti muito bem. A interação foi excelente!”, conta.

Para a diretora pedagógica do Colégio Galileu, professora Cristina Valera Baptista, a formação online por área foi um sucesso. “É uma inovação que nos aproximou ainda mais. A equipe gostou muito! Ela nos permitiu aumentar a troca de experiências e de vivências. E, em termos pedagógicos, o trabalho é muito rico. Construímos mais uma ponte para o conhecimento”, resume.

Poderoso e sustentável – Silneia Chiquetto destaca o fato de que as formações online são um recurso poderoso. E que funciona muito bem em relação a certos aspectos da educação, em especial no caso das escolas privadas. “Muitas vezes, por conta do relacionamento com as famílias, as escolas particulares têm dificuldade em reservar um dia inteiro para uma formação pedagógica presencial. Com essas formações online, é possível dinamizar o processo e distribuir o tempo de uma forma mais adequada para a escola”, observa. Silneia também destaca a importância desse recurso em relação à sustentabilidade, uma vez que ele substitui deslocamentos físicos – que podem chegar a milhares de quilômetros – sem prejuízos à formação dos professores. “É um recurso a mais, que passa a fazer parte do nosso trabalho com os professores e os gestores em todo o país.”

João Rodrigo Almeida, colaborador da área de Tecnologias Educacionais da Editora Opet e responsável pela condução técnica dos trabalhos, reforça o caráter de facilitação das ferramentas digitais. “A educação não pode prescindir de recursos tão importantes, que agilizam e aproximam as pessoas e os processos de formação pedagógica. E nós nos preparamos, com nosso estúdio, para oferecer os equipamentos adequados a uma comunicação de alta qualidade.” As formações online, aliás, são apenas uma parte das novidades que estão em andamento na Editora em relação às novas tecnologias. Elas incluem, por exemplo, a nova plataforma de recursos digitais da Editora, que está em fase final de desenvolvimento.

 

Deixe uma resposta