Escolas: o futuro da educação é híbrido

O processo histórico transforma as sociedades e a realidade. Esse mesmo processo também transforma as escolas, que, por sua vez, colaboram para as mudanças. É um processo circular, dinâmico, movido por necessidades, desafios, erros, acertos e criatividade.

A escola, é claro, mudou muito e em pouco tempo. Se pensarmos que, há pouco mais cem anos, boa parte da população não ia à escola, que a escola pública era para poucos, que não havia universidades no Brasil e que às mulheres era recusado o direito de avançar nos estudos, vemos que houve grandes avanços.

Hoje, em 2020, em meio a uma pandemia, a Escola mudou novamente. Em outros sentidos, por outros motivos, mas mudou. A virtualização do ensino está nas reflexões e na prática diária de educadores, gestores, famílias e estudantes. Alguns mostram uma resistência compreensível, outros aversão e outros, ainda, um encantamento ingênuo. Fato é que esse assunto está na ordem do dia e precisa ser discutido.

Levando em conta que a escola não pode (nem consegue) ser estática em relação à sociedade, acompanhar a revolução digital e utilizar recursos e ferramentas tecnológicas são coisas imprescindíveis. Porém, não basta incluir um novo recurso ou dar aulas online para adaptar o ensino a uma nova estrutura, sistema e abordagem.

Dentro dos seus limites, as aulas virtuais têm conseguido conquistas no processo de ensino-aprendizagem neste momento de distanciamento social. Um processo importante, uma transformação cultural que, com certeza, terá reflexos no futuro. Mas, que não elimina – em hipótese alguma – o valor das aulas presenciais. Não é caso, aliás, de contrapor esses dois universos, mas de perceber como eles vão funcionar juntos, em um modelo híbrido, aproveitando o melhor de cada componente. Essa, com certeza, é uma das novas discussões da educação, que se soma a tantas outras. E nós, com nosso trabalho presencial, virtual e híbrido, estamos participando!

 

Sugestão de leitura:

Paulo Freire e as Novas Tendências na Educação – Judas Tadeu de Campos

https://ken.pucsp.br/curriculum/article/viewFile/3196/2118

Ceará: municípios parceiros da Editora Opet dão salto de qualidade na alfabetização

Momentos da Editora Opet no Ceará em 2019/20. Em sentido horário, a partir do alto e à esquerda: formação em Sobral, entrega de materiais em Itaitinga, encontro formativo digital com professores de Fortaleza e formação em Ipu.

Os últimos dias foram de celebração para os 184 municípios cearenses, que alcançaram o nível de alfabetização desejada para o segundo ano do Ensino Fundamental (Anos Iniciais). O resultado foi divulgado pelo Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Estado do Ceará (SPAECE) e se refere a 2019. Ele está diretamente relacionado ao Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC), uma ambiciosa política de Estado para o resgate e a promoção da Educação Básica, com resultados importantes. Apenas para se ter uma ideia do tamanho da transformação, em 2007 apenas 14 municípios – 7,6% do total – possuíam um nível de alfabetização desejada para a idade certa. Hoje, são 100%.

A Editora Opet, por meio do selo educacional Sefe, faze parte dessa história e desses resultados. Os materiais didáticos e a assessoria pedagógica Sefe – sob a coordenação da professora Oralda Adur de Souza – fizeram parte do PAIC já em 2008, auxiliando o Estado a promover sua revolução educacional. Desde então, o Sefe mantém um escritório pedagógico no Ceará, onde trabalham professores e pedagogos que atendem a vários municípios.

Os seis municípios atendidos pela Editora Opet no Ceará – Fortaleza, Sobral, Ipu, Paracuru, Itaitinga e Ubajara – apresentaram resultados importantes. Apenas para se ter uma ideia, em 2019/2020, nossos municípios parceiros tiveram várias de suas escolas vencedoras do “Escola Nota 10”, que premia os melhores resultados em Português e Matemática por unidade educacional. O prêmio é entregue durante a divulgação dos resultados educacionais do Estado pelo Spaece, o que aconteceu na semana passada.

Para conquistar a premiação, as escolas devem ter, no momento da avaliação, pelo menos 20 alunos matriculados na série avaliada, além de ter, no mínimo, 90% de participação de alunos. No 2º ano, a pontuação deve ficar entre 8,5 e 10, enquanto nos 5º e 9º anos os estudantes devem obter notas entre 7,5 e 10.

Pois bem: dos parceiros da Editora Opet, Sobral teve 25 escolas vencedoras do Prêmio, Fortaleza, uma unidade, Paracuru, 12 escolas e Ubajara, 14. “Em relação a Ipu e Fortaleza, foram os municípios que registraram o maior crescimento em relação ao índice de alfabetização. Ipu dobrou o número de escolas com o índice de alfabetização desejada e se manteve com os melhores resultados de sua região. E Fortaleza consolidou seu bom trabalho no segundo ano do Ensino Fundamental, que é o ano crítico da alfabetização”, analisa Glaylson Rodrigues, supervisor regional da Editora Opet para o Ceará.

Glaylson se diz muito satisfeito com os resultados dos parceiros da Editora, que são fruto de muito trabalho. “Nós contribuímos para além do material de qualidade que chega aos municípios. Participamos com a prestação de um conjunto de serviços, como acompanhamento em visitas técnicas, suporte aos professores e gestores das escolas, além de orientação aos familiares.” Glaylson destaca o esforço dos gestores e dos professores, que se engajam muito para que o trabalho dê resultados.

Vitória coletiva – De acordo com o SPAECE, todos os alunos do segundo ano do Ensino Fundamental (Anos Iniciais) de Paracuru alcançaram o nível desejável de alfabetização e letramento. “Tivemos um salto de qualidade na aprendizagem no 2º, 5º e 9º anos”, conta a professora Joana Angélica Lopes, gerente do Mais PAIC no município. Segundo Joana, os resultados são a soma de uma série de fatores, a começar pelo trabalho coletivo e pelos esforços e talento dos professores. Ela também destaca o valor da parceria com a Editora Opet por meio do selo educacional Sefe.

Equipe do Mais PAIC de Paracuru (professoras Joana Angélica, Lucila Rocha, Silvia Helena, Déborah Magalhães, Mirlândia Sá e Marina Claudia) com o secretário municipal de Educação, Wanderlei Cordulino.

“Na primeira etapa da Educação Básica, o Sefe desenvolve um excelente trabalho com o material estruturado da Coleção Entrelinhas. E também formações continuadas para os professores da Educação Infantil que trabalham temas atuais, como a utilização das mídias, estudos voltados para a BNCC e Referenciais Curriculares para a Educação Infantil.” Ela também destaca o acompanhamento pedagógico nas creches e pré-escolas e o Prêmio Ação Destaque, que valoriza os projetos dos professores. “O sucesso da aprendizagem dos alunos de Paracuru fundamenta-se na assistência de excelência disponibilizada pela Editora Opet-Sefe e na proatividade da Equipe do Mais Paic.”

Uma relação antiga e de valor – O gerente comercial da Editora Opet para a área pública, Roberto Costacurta, lembra que o Sefe esteve ao lado dos municípios cearenses desde 2007, ano de início do PAIC e do acompanhamento pelo SPAECE. “Pela qualidade do nosso trabalho, fomos escolhidos para participar desse grande programa”, conta. “Quando a primeira etapa do PAIC foi concluída, em 2015, o Sefe estava atendendo 64 municípios, um terço do total do Estado. E seguimos atendendo vários deles, com excelentes resultados.”

Para Roberto, os bons resultados dos municípios também são uma vitória da Editora Opet. “Quando uma escola recebe o Prêmio Nota Dez, que é muito importante dados os parâmetros de qualidade exigidos, nós nos sentimos premiados também. E desejamos manter e fortalecer essa bela parceria!”, conclui.

EXTRA! EXTRA! Saiu a relação dos trabalhos inscritos para o IX Prêmio Ação Destaque!

Confira se o seu trabalho foi aprovado para apreciação pela comissão julgadora do prêmio. Atenção: o prazo final para o para envio de recursos é a próxima segunda-feira, dia 09 de setembro. Os recursos devem ser enviados para o e-mail pedagogico@opet-sefe.com.br

 

Adriana Pirola Ansiliero – Arroio Trinta

Adriane Ranieri Leal – Santana de Parnaíba

Aletheia Cristiane Blau – Alto Taquari

Aline Franciele Graebin Wutke – Nova Santa Rosa

Aline Montoia Santos Duarte – Santana de Parnaíba

Aline Regina de Oliveira – Arroio Trinta

Aline Risso Sousa Rodrigues – Santana de Parnaíba

Aline Roberta da Silva – Jacarezinho

Alisandra Ribeiro – Santana de Parnaíba

Ana Claudia Cury – Santana de Parnaíba

Ana Cláudia da Silva Cardoso – Santana de Parnaíba

Ana Cristina de Jesus Oliveira – Santana de Parnaíba

Ana Cristina dos Santos Dzoba – Pitanga

Ana Karina Falchetti – Salto Veloso

Ana Karoline Lopes de Sousa – Ceará

Ana Lucia Ribeiro dos Santos – Fraiburgo

Ana Paula Pedrina – Cambará

Andrea Mendes Avona – Santana de Parnaíba

Andreia Ap. Rangel Santos – Santana de Parnaíba

Andréia Aparecida dos Santos – Cambará

Andreia do Amaral Rodrigues Jesus – Campina Grande do Sul

Andreia Maria de Jesus Ricardo – Jacarezinho

Andressa Sangaletti – Treze Tílias

Andrieli Cristiane Gonçalves Pozzer – Pinhalzinho

Angela Cristina de Oliveira Almeida – Cambará

Angela Ferreira de Moraes – Campina Grande do Sul

Angela Maria Ribeiro Serafini – Fraiburgo

Aparecida Gomes Freire – Santana de Parnaíba

Ariane Angelita de Oliveira – São Miguel do Oeste

Ariane Cristina Xavier – Ilha Solteira

Beivetti Brasili Branco – Santana de Parnaíba

Benilda Loch Blau – Pitanga

Benildes Madureira Barcelos – Alto Taquari

Bernadete Ferrari Vargas – Campina Grande do Sul

Bernadete Gurnaski de Lima – Turvo

Carina Aparecida Stadler – Pitanga

Carlos André Lourenço e Silva – Santana de Parnaíba

Carolina Rochelli Policarpo Ventura – Paranaguá

Cássia Neves Rodrigues Costa – Alto Taquari

Cátia Juliana Esídio Santana – Santana de Parnaíba

Celene Taborda – Pitanga

Cintia Natania da Silva Rodrigues – Campina Grande do Sul

Claudia Regina Cavanha Cavalheiro – Campina Grande do Sul

Cledson da Silva – Pitanga

Cliciane de Souza Meduna – Paranaguá

Cristiana Aragão Lima – Ceará

Cristiane Ferreira de Souza – Campina Grande do Sul

Cristiane Rigo Goberte – Vargeão

Cristielaine Aparecida Alves de Souza – Santana de Parnaíba

Daniela Aparecida Bartolomeu Bagali – Cerqueira César

Danielle Moreira Francisco – Paranaguá

Daniely do Rosário – Paranaguá

Débora Rederd França Vidal – Paranaguá

Deisy Estela Santiago Heringer Avelar – Santana de Parnaíba

Denise Regina Wagner Tortato – Entre Rios do Oeste

Denise Zimmermann Schuller – Arroio Trinta

Diana Leticia Chiodelli – Chapecó

Dilliany da Silva Marques – Sobral

Dinalda Andrade Vicente Bento – Cerqueira César

Dirce Aparecida Pereira Dos Santos – Pitanga

Ederli Margreiter de Mélo – Treze Tílias

Edilaine Aparecida Moreto Vilar – Águas de São Pedro

Edna Regina Albini Pereira Kaminski – Paranaguá

Eglantina Melo Rocha – Sobral

Elaine Cistina Oliveira da Silva Prado – Alto Taquari

Eliane Garcia Dantas – Campina Grande do Sul

Eliane Maria Kremer – Pinhalzinho

Elianer Fátima Linder Mayer – Salto Veloso

Eliciane Cristina de Oliveira Cegatte Arantes – Cambará

Elisandra Aparecida Czekalski – Irati

Elisandra Cristina dos Santos Galo – Santana de Parnaíba

Elisangela Silva de Castro – Ceará

Elizabeth Leal da Costa – Santana de Parnaíba

Elkynice Silva de Oliveira – Ceará

Ellen de Lima Fossa – Santana de Parnaíba

Elza Aparecida Alves Malandrin – Cambará

Emanuelle Christyne Rueda Alves – Paranaguá

Emília Helena da Silva Pedroso – Campina Grande do Sul

Erica Rodrigues da Silva – Campina Grande do Sul

Eva Maria Gomes – Ceará

Evandro Albino Meurer – Pitanga

Fabio Gonçalves Fernandes – Entre Rios do Oeste

Fabiola Soares Arcega – Paranaguá

Fátima Ludwig – Salto Veloso

Fernanda Aparecida Groscko – Pitanga

Fernanda Consoni – Arroio Trinta

Flavia Pereira Lima – Paranaguá

Franciele Manenti – Macieira

Franscisca Kelly Rocha de Sousa – Ceará

Geovana Meire Gomes de Albuquerque – Ceará

Giane Aparecida Mendes – Pitanga

Gicelda Inês Rigo Frochlich – Treze Tílias

Gisele Custódio da Veiga Ribeiro – Paranaguá

Irene Schafer Sperber – Rancho Queimado

Isabel Cristina Ferrari – Cerqueira César

Isabela Ribeiro Ferreira – Paranaguá

Ivone Bosa Cossa – Arroio Trinta

José Rivânio Mendes de Sousa – Ceará

José Werley Carvalho Braga – Cabreúva

Josiely de Oliveira Santos Corrêa – Paranaguá

Jovana Nunes da Silva – Jacarezinho

Juliana Jorge de Moraes Sarto – Águas de São Pedro

Juliana Saade Jose – Passos Maia

Julita Maria Campos Werlang – Pinhalzinho

Karen Regina Alves – Campina Grande do Sul

Karine Hining Solivo – Pinhalzinho

Karize Morais Leandro – Paranaguá

Kátia Lima Teixeira Guimarães – Ceará

Kátia Raquel Dotta – Salto Veloso

Katia Rodrigues de Moura – Santana de Parnaíba

Kelly Cristini Neuhaus Schmitz – Rancho Queimado

Keren Regina dos Santos Ignacheski – Turvo

Késia Miria Iagla Bueno – Roncador

Laura Cristini do Nascimento Amorim Corrêa – Paranaguá

Leidiane Maria Melo Rodrigues – Ceará

Lenir Angélica Tomaz Madaloz – Santana de Parnaíba

Lilian Ferrarini – Campina Grande do Sul

Lilian Macedo Borba – Paranaguá

Lodomira Ferreira de Moraes – Cambará

Lucely Aparecida Marques de Souza – Alto Garças

Lúcia Helena Soares Braga – Ceará

Luciana Martines do Nascimento – Santana de Parnaíba

Luciana Pinheiro Dos Santos Nogueira – Ilha Solteira

Luciane Andréa da Silva Oliveira – Jacarezinho

Luciane Faber Didomênico – Fraiburgo

Luciane Godoy Bonafini – Paranaguá

Luciane Regina Jacinto Smanioto – Paranaguá

Luciano Pereira da Silva – Santana de Parnaíba

Lucilene de Moura – Campina Grande do Sul

Luiza Bortolaci Pioner – Entre Rios do Oeste

Luziana da Silva Lima – Ceará

Mara Lucia Darivda Orlandi – Cambará

Mara Lúcia Martins dos Santos – Paranaguá

Marcela De Lima Carneiro – Paranaguá

Marcia Alexandra Andrade Ferreira – Santana de Parnaíba

Marcia Marques Monteiro de Castro – Roncador

Marcos Paulo Pontes dos Santos – Paranaguá

Maria Aguinalda Costa Castelo – Ceará

Maria Antoniete Bruno – Ceará

Maria Aparecida Bilovus – Irati

Maria Cristina Zamperlini – Campina Grande do Sul

Maria da Glória – Fraiburgo

Maria das Dores de Lima – Águas de São Pedro

Maria do Carmo Generoso Fajardo – Campina Grande do Sul

Maria Izabelbotko de Almeida – Pitanga

Maria Markim Miczaliczen – Pitanga

Maria Patricia Morais Leal – Ceará

Maria Rosa Martins Mota – Santana de Parnaíba

Maria Valderez Serafim Delmiro – Sobral

Maria Vladenir da Silva Souza –

Marili Moreira Lopes – Paranaguá

Marines Silveira Nielsson – Vargeão

Maristela Rautta Bernardi – São Miguel do Oeste

Marlene de Oliveira Souza – Ilha Solteira

Marthina Anderle – Entre Rios do Oeste

Maryane Aparecida Moraes – São Sebastião da Amoreira

Matheus Edilberto Roth – Paranaguá

Mayra Gascia Justo – Cambará

Michele Aparecida Guerreiro – Jacarezinho

Michele da Conceição Pinto – Santana de Parnaíba

Michele Souza Schutz – Rancho Queimado

Michelle Soares Pereira – Santana de Parnaíba

Mira Carolina dos Santos Zela – Paranaguá

Mirla Lopes de Sousa Leal – Sobral

Nadir Correa Mendes – Paranaguá

Nadir Maciel de Lima – Campina Grande do Sul

Natanael Moreira de Araujo Filho – Santana de Parnaíba

Pamela Luana Facion Alcantara – Santana de Parnaíba

Patricia da Silva Mendes Paton Viegas – Ceará

Patricia Fortes de Arruda da Silva – Campina Grande do Sul

Paula Cristina Garcia Azevedo Frison – Paranaguá

Priscila Vanessa Dante – Águas de São Pedro

Regiane da Silva – Campina Grande do Sul

Regiane Farren – Pitanga

Regina Duarte de Moraes – Santana de Parnaíba

Reginalva Pereira de Olveira – Ceará

Renata de Almeida Gomes – Campina Grande do Sul

Renata Lopes dos Santos – Paranaguá

Rochelly Alves do Monte – Ceará

Rodicler Joana Ribeiro de Moraes – Santana de Parnaíba

Rodolpho Henrique Tomé Machado – Roncador

Rosana Aparecida de Souza Couto – Jacarezinho

Rosangela Lima da Rocha – Fraiburgo

Roseli Maria Machado – Fraiburgo

Roseli Terezinha Secco Felchilcher – Arroio Trinta

Rosemary Aparecido de Faria – Cabreúva

Rosemeire Maria Pinto – Santana de Parnaíba

Rosimara Rodrigues Ribeiro Borges – Campina Grande do Sul

Salete Czerniak – Arroio Trinta

Sandra Mara Gonçalves – Campina Grande do Sul

Sandra Schu – Entre Rios do Oeste

Silva Aparecida Silvestre – Cerqueira César

Silvana Bolzon – Arroio Trinta

Silvia Maria Moreira Gatti – Fraiburgo

Simare Kioko Maebara – Santana de Parnaíba

Simone Galerani de Araújo – Jacarezinho

Sirlei Rodrigues dos Santos Telles de Oliveira – Campo Verde

Sirléia Maria Passoni – Arroio Trinta

Sueli dos Santos – Jacarezinho

Suzana Mendes Magalhães – Ceará

Suzancarla Gonçalves Mera Lehr – Fraiburgo

Suzane Aparecida Pupo – Turvo

Tainara Rego dos Santos – Santana de Parnaíba

Tânia Regina Calazans dos Santos – Campina Grande do Sul

Teresa Maria Barbosa Brandão – Santana de Parnaíba

Thaiz Silva dos Santos – Campina Grande do Sul

Thays Porto de Jesus Cambi – Santana de Parnaíba

Tiago La Serra Boneberg – Santana de Parnaíba

Ueslei Lineker Martins da Silva – Paranaguá

Valdirene da Silva Oliveira – Pariquera-Açu

Valéria Pereira Carneiro – Ceará

Vanessa Aparecida Minetto – Cerqueira César

Vânia Carla Kozlowski – Arroio Trinta

Vânia Ferronatto – Arroio Trinta

Vera Elis Mendes – Paranaguá

Vera Lúcia Meneghetti – Paranaguá

Vilma de Fátima Suzanna – Santana de Parnaíba

Vitória Régia M. do Nascimento – Ceará

Wanderleia Mafra de Moura Correia – Paranaguá

Sônia Roberta Bento – Cabreúva